BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

quinta-feira, 1 de julho de 2010

DIONISO COSME NETO - 4

DIONISO COSME NETO, natural de Apodi, filho de LUIZ COSME DE MORAIS e de MARIA ANTONIA CARLOS DE MORAIS.Membro da Academia Apodiense de Letras, cadeira nº 4, que tem como patrono o saudoso professor GERSON LOPES (22/12/1946 15/03/1984). Apesar de o seu registro de nascimento constar Dionízio Cosme Neto, ele é mais conhecido como “Dionízio do Apodi”, numa referência à sua cidade natal. Após abandonar o sonho de criança de ser jogador do São Paulo, juiz de futebol, policial, médico, acabou galgando nas artes cênicas. Aos 18 anos, Dionízio do Apodi teve sua formação acadêmica em Ciências Sociais interrompida, quando encontrou sua verdadeira paixão: o teatro. “É onde pode ser qualquer coisa, através dos personagens”, Hoje, aos 30 anos de idade, responde pela coordenação dos espetáculos do grupo O Pessoal do Tarará, de Mossoró.

Quando DIONISIO DO APODI entrou para o curso de Ciências Sociais na UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte), ele estava na fase de descobrir o que queria ser na vida. Seu sonho de criança era ser jogador do São Paulo, mas à medida que foi crescendo, naturalmente surgiu novos horizontes: quis ser juiz de futebol, policial militar, médico... Muita coisa mesmo. Mas, foi lá na UERN que encontrou o teatro. Todas essas circunstâncias de querer ter sido tanta coisa propiciaram o ambiente favorável para que ele encontrasse no teatro, onde pode ser qualquer coisa, através dos personagens. No seu primeiro ano de faculdade se deparei com um cartaz que falava na reativação do Grupo de Teatro Universitário de Mossoró (Grutum) e divulgava umas oficinas para esse propósito. Então, se inscreveu e passou a fazer oficinas de teatro com Jorge Borges, que era o responsável por essa reativação do grupo. Ao final das oficinas, fiziam alguns experimentos para mostrar ao reitor, na época era Walter Fonseca, como uma forma de garantir o apoio da UERN ao grupo para o ano seguinte. Tirou umas férias, e quando voltou no outro ano, de quase trinta pessoas que haviam participado das oficinas, apenas ele estava lá. O professor mudou também. Já não era Jorge Borges, mas Elibete Rodrigues, recém-formada em Artes Cênicas em São Paulo, mas sem nenhuma experiência prática com o que estávamos querendo. Foi o casamento perfeito. Essa falta de experiência da gente, aliada ao apoio de Jocelito Góis, do Centro Cultural, a vinda de outras pessoas para o grupo e mais a vontade de Felipe Caetano, pró-reitor de Extensão, favoreceram ao trabalho que resgatou o Grutum e principalmente ajudaram a formar vários atores para os grupos da cidade. Com um tempo, passou a coordenar o grupo, e essa visão mais abrangente se fez ver que a arte que ele queria fazer precisava de menos burocracia. Então, saiu e formou, junto com outros amigos, O Pessoal do Tarará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
ESTE É O 9º BLOG DO PORTAL OESTE NEWS, CRIADO PELO STPM DA RR PM JOTA MARIA, DA GLORIOSA E AMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

ARQUIVO DO LINK AAPOL

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES  NEWS
A SUA ENCICLOOPÉDIA DIGITAL, COM 10 BLOGS E MAIS DE 500 LINKS - A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATAUAIS DO RIO GRANDE DO NORTE